Corona Vírus – Orientações e regras de cancelamentos.

0
91

 

Abaixo algumas informações de como proceder para alterar o seu bilhete, veja a política de algumas Cias aéreas.

 

Azul

  • Passagens nacionais: voos operados pela Azul até 31 de maio de 2020 poderão alterar ou cancelar seu voo.
  • Em casos de alterações, poderá mudar a data do voo sem cobrança de taxas de alteração, mas o novo voo deve ser realizado até 31 de maio de 2020.Em caso de diferença tarifária entre a viagem original e o novo voo, esta será cobrada.
  • Em casos de cancelamento, poderá cancelar a reserva sem custo de taxa de cancelamento, deixando o valor como crédito na Azul para compras futuras. A validade do crédito é de um ano a contar da data da emissão do bilhete cancelado, sendo o valor intransferível.
  • Passagens internacionais com destino Lisboa, Porto, Estados Unidos e América do Sul previstos para mês de março de 2020 poderá alterar a data do voo sem incidência de taxas de alteração desde que o novo voo seja realizado até 30 de junho de 2020. Havendo diferença tarifária, esta será cobrada.
  • Para cancelamento: poderá cancelar a reserva sem custo de taxas, deixando o valor como crédito na Azul para compras futuras sendo a validade do crédito de 1 ano a contar da data da emissão do bilhete cancelado, sendo o valor pessoal e intransferível.

Latam

  • Clientes com bilhetes emitidos entre 6 e 12 de março para voos internacionais a serem realizados até 31 de dezembro de 2020, é permitida uma alteração por bilhete, sem multa, até 14 dias antes da partida do voo original, sujeita a diferenças tarifárias.
  • Bilhetes nacionais e internacionais emitidos entre 13 e 31 de março para voar até 31 de dezembro de 2020, a empresa permite alteração de data e/ou destino sem multa, mas sujeito a diferenças tarifárias. A mudança deve ser feita em até 5 dias antes da partida do voo original.
  • Clientes com passagens para destinos Israel até 1 de abril e Itália até 30 de abril poderão viajar até 31 de dezembro de 2020, reprogramando a data ou destino da viagem sem multa, mas sujeito à diferença tarifária.
  • Para os voos cancelados, acesse a opção “Reprograme seu Voo” no site. Se as alternativas oferecidas não atenderem às suas necessidades, você poderá solicitar a remarcação do voo ou reembolso do bilhete por meio da Central de Atendimento. 0300 5705700 ou (11) 4002-5700.

Gol

  • A regra é válida tanto para passagens para destinos nacionais como internacionais.

Quem estiver com bilhetes com reservas até o dia 14 de maio de 2020

  • Solicitar o cancelamento do bilhete sem custo e manter o valor em crédito para voos futuros. O valor ficará disponível para uso do cliente por até um ano após a data da emissão.
  • Remarcar o bilhete para até 330 dias após a data da compra. Não haverá taxa de remarcação, somente diferença de tarifa, se houver;
  • Pedir o reembolso da reserva sem taxa de cancelamento, no entanto, haverá a cobrança da taxa de reembolso conforme a tarifa adquirida.

 American Airlines

  • A American Airlines informa que vai suspender temporariamente todos os voos para o Brasil.
  • Para os bilhetes comprados até 1 de março para todos os destinos da empresa e viagens programadas entre 1 de março e 30 de abril de 2020, a Cia está oferecendo isenção da taxa de alteração.
  • A remarcação poderá ser feita para voos até 31 de dezembro de 2020 ou dentro de um ano a partir da data de emissão do bilhete, o que ocorrer primeiro.
  • Se houver diferença de tarifa essa será cobrada.
    Mais informações no site da American Airlines.

 Avianca Internacional

  • A Avianca está oferecendo aos seus clientes a opção de alterar o itinerário sem penalidades se comprar bilhetes ou resgatá-los com milhas a partir de 9 de março até 31 de março de 2020, em rotas de e para os Estados Unidos, Canadá e Europa.
    Leia mais no site da Avianca.

Delta

  • Passageiros voando com a Delta em março ou abril poderá remarcar a reserva e a viagem até 31 de dez de 2020. Poderão remarcar seu bilhete uma vez sem cobrança da taxa de remarcação sujeito apenas a diferença tarifária.
  • Os bilhetes comprados em março de 2020 também contarão com a possibilidade de uma remarcação sem incidência de multa.
  • Quem está viajando com origem, destino ou conexão na Europa ou Ásia até 31 de maio de 2020, poderá alterar o seu bilhete uma vez sem cobrança de multa.
  • Visite o site da Delta para maiores informações.

 United Airlines

  • A United suspende voos de São Paulo a Chicago e Washington a partir de 1 de abril.
  • A Cia vai isentar a taxa de alteração de todos os bilhetes emitidos – nacional ou internacional – com datas de viagem originais de 9 de março a 30 de abril.
    Saiba mais no site da United.

 British Airways

  • A British cancelou todos os seus voos para Pequim ou Xangai até 17 de abril, oferecendo reembolso ou opções para remarcação das passagens.
  • Além disso, a companhia está garantindo remarcação grátis em todas as reservas feitas entre 3 e 16 de março.

Copa Airlines

  • A Copa está permitindo remarcação sem custo das passagens compradas entre 5 e 31 de março de 2020, para voos entre 5 de março e 15 de junho. Leia mais no site da Copa Airlines.

 Iberia

  • Bilhetes emitidos até 11 de março e voando entre 1 de março a 30 de abril, é permitido alterar as datas ou solicitar um voucher para o valor do bilhete.
  • Para solicitar o voucher é necessário preencher o formulário online.
  • A alteração de datas pode ser efetuada até o dia 30 de novembro. Se preferir o voucher, este será válido até 31 de dezembro.
  • Mais informações no siteda Iberia.

 KLM

  • O grupo Air France-KLM anunciou a redução de sua oferta de voos de Amsterdã e de Paris em até 90% pelo menos durante dois meses.
  • Estão suspensos todos os voos para a China até 28 de março.
  • A companhia, junto com a Air France, decidirá se mantém a operação de um voo diário para Pequim e outro para Xangai.
  • Ela continuará operando para a Itália, mas oferece flexibilidade para remarcação dos bilhetes.
  • Passageiros com bilhetes marcados para Milão, Veneza e Bolonha entre 25 de fevereiro e 15 de março poderão remarcar seus voos para até 3 de abril.

 Air France

  • A Air France oferece remarcação sem custo para todos os passageiros com viagens antes ou depois de 31 de março, com validade para viajar entre 3 de março e 31 de maio.
  • A nova política é válida para bilhetes marcados para qualquer destino e a remarcação pode ser feita em voos até 31 de maio para o mesmo destino e mesma classe de tarifa adquirida.

 Air Canada

  • A companhia oferece alternativas aos passageiros com voos marcados para ou que passem pela China, Itália, Japão, Coréia do Sul e Irã.
  • Acesse o site da cia aérea para maiores informações
  • Passagens compradas entre os dias 4 e 31 de março de 2020, a Air Canada está oferecendo a possibilidade de alteração das viagens sem multa.
  • A remarcação, no entanto, deve ser feita até 14 dias antes da data programada para o embarque.

Emirates

  • Isenção de taxas para alterações nas reservas efetuadas até o dia 31 de março e com bilhetes emitidos para viagens até 31 de maio
  • Remarcações permitidas até 30 de junho.
  • Voucher de viagem com o valor da passagem.
  • Reembolso de bilhetes não utilizados

Lufthansa

  • O Grupo Lufthansa, Swiss e Austrian permitem que o passageiro escolha entre a alteração da data da viagem ou reembolso gratuitamente.
  • Até 31 de março de 2020, não será cobrado taxas de remarcação de passagem para todos os novos voos reservados com a possibilidade de remarcá-la uma vez gratuitamente.
  • Os clientes poderão remarcar sua viagem para uma nova data até 31 de dezembro de 2020 sem o pagamento de taxas de remarcação.
  • Bilhetes emitidos antes e até 5 de março com data de viagem até 30 de abril de 2020, poderá ser remarcado dentro do período de validade original ou até uma nova data de viagem até 31 de dezembro de 2020 sem taxas de remarcação.
  • Bilhetes emitidos antes ou no dia 12 de março com uma data de viagem até 30 de abril de 2020, poderá cancelar sua reserva e decidir até 1 de junho para reservar um novo voo.
  • A nova data da viagem deve estar dentro da validade do bilhete ou até 31 de dezembro de 2020.
    Maiores informações visite o site da Lufthansa.

 

Outras cias aéreas, favor consultar nos sites diretamente.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here