Arrumando as malas.

0
366

As regras para embarque internacional são diferentes dos voos nacionais, tanto para as malas despachadas quanto para a bagagem de mão. É importante se informar das regras de sua cia aérea, evitando assim o pagamento de excesso no ato do check-in.

Nos voos internacionais o passageiro têm direito a dois volumes – com 23kg cada um – e mais uma bagagem de mão com volume de 115 cm, considerando altura + comprimento + largura e que não ultrapasse 8 kg,  mas a regra pode mudar conforme as companhias aéreas e por este motivo recomendamos visitar o site da cia aérea.

Para voos dentro da América do Sul o limite cai para uma bagagem de 23kg por passageiro.

Se a viagem for para compras, fique atento às regras estabelecidas pela receita federal quando retornar ao Brasil.

 

Alguns objetos não são permitidos na bagagem de mão e devem ser despachados: líquidos acima de 100ml; arma (ou réplica) de qualquer tipo; objetos pontiagudos, cortantes ou de ponta arredondada que possam ser usados para causar ferimentos (alicates de unha, por exemplo); e substâncias explosivas ou inflamáveis (ex. isqueiros), químicas ou tóxicas são os principais. Consulte sempre o site da companhia aérea escolhida para ver as regras específicas do país de destino.

A regra de bagagem internacional vale também para os voos domésticos no mesmo bilhete adquirido, caso contrário, o voo doméstico terá franquia reduzida. Se estiver planejando deslocamentos de avião no meio da viagem, atente para os limites de bagagem para não ter  com excesso de peso. O cuidado também é importante na hora de alugar o carro, que deve ter bagageiro compatível com o volume de bagagens.

Na hora de fazer a mala é preciso lembrar que a viagem é para outro país. Tudo o que for de uso contínuo deve ser levado do Brasil, principalmente remédios, pois não é possível saber se o que você precisa será encontrado no destino.

Leve um casaco no avião, pois costumam ter temperaturas baixas e o frio é real para quem não está acostumado.

Dê preferência a malas ou cadeados do tipo TSA, lacres, capas de mala e o serviço de embalagem oferecido nos aeroportos ajudam a torná-la mais segura e livre de furtos.

Usar fitas e placas coloridas para melhor de identificação de sua bagagem com telefone, e-mail e endereço – é fundamental no caso de extravio e para evitar troca de malas.

Dinheiro, câmera fotográfica, computador e outros bens valiosos devem ir na bagagem de mão, assim como uma muda de roupa, para o caso da mala ser extraviada.[/

Publicidade